Voltar

10/102013

MG, ES, BA e SP disputam título do Cup of Excellen

imgs/logobscag.jpgwww.bsca.com.br

- Fase final do principal concurso de qualidade para cafés produzidos por via úmida (cereja descascado ou despolpado) tem 58 amostras, originárias do Sul, Cerrado, Mantiqueira e Matas de Minas Gerais; Montanhas do Espírito Santo; Planalto da Bahia; e Mogiana Paulista

 

Começou na segunda-feira, 7 de outubro, em Carmo de Minas (MG), a fase internacional do 14º Cup of Excellence – Early Harvest – Brasil 2013, concurso realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE). Nesta etapa, o júri internacional, composto por profissionais de prova e classificação dos principais compradores mundiais, vindos das Américas do Norte e Central, Europa e Ásia, analisarão as 58 amostras classificadas na fase nacional, encerrada no dia 4 de outubro.

Após a apuração do júri nacional, sete regiões produtoras, de quatro Estados, contam com representantes na fase internacional do principal concurso de qualidade destinado a cafés produzidos por via úmida (cereja descascado ou despolpado) no Brasil: Sul, Cerrado, Mantiqueira e Matas de Minas Gerais; Montanhas do Espírito Santo; Mogiana de São Paulo; e Planalto da Bahia.

O Estado com maior número de lotes aprovados foi Minas Gerais, com representatividade de 82,76% (48 amostras) do total. Dos demais concorrentes, Espírito Santo e Bahia tiveram quatro amostras classificadas (6,90%) e São Paulo contará com dois representantes (3,45%) na fase final do Cup of Excellence – Early Harvest. A relação, em ordem alfabética, dos produtores que tiveram seus cafés classificados pode ser acessada no site da BSCA (http://bsca.com.br/cup-of-excellence.php?id=19).

Nessa etapa do concurso, os profissionais do júri internacional voltarão a analisar as amostras de acordo com propriedades como corpo, sabor, doçura e grau de acidez, dando notas de 0 (zero) a 100, conforme tabela oficial do Cup of Excellence. Os lotes que tiverem pontuação igual ou superior a 85 pontos serão eleitos vencedores do 14º Cup of Excellence – Early Harvest – Brasil 2013 e ganharão o direito de participar do concorrido leilão online, no dia 27 de novembro.

DESTAQUE PARA REGIÕES


Uma alteração realizada este ano no principal concurso de qualidade para cafés produzidos por via úmida no País foi a análise das amostras divididas por regiões produtoras. A pré-seleção teve os cafés avaliados separadamente pelas áreas oficiais do Brasil. Esse processo foi repetido na fase nacional do certame, mas os juízes não tiveram acesso à identificação da região dos produtos que estavam provando. Agora, na fase internacional, os cafés deixam de ser separados por regiões.

Segundo a diretora executiva da BSCA, Vanusia Nogueira, essa iniciativa foi tomada para dar mais oportunidades para as novas regiões que passaram a investir no cultivo dos cafés especiais no Brasil. “Como consequência dessas alterações, também modificamos o formato da cerimônia de premiação do concurso. Passaremos a anunciar os ‘primeiros colocados’ de cada região, antes de anunciar de fato os vencedores do concurso como um todo”, explica.

Além disso, as regiões produtoras que não tiverem amostras classificadas para a fase internacional, mas cujos cafés obtiveram notas de pelo menos 83 pontos (escala de 0 a 100 do Cup of Excellence) na etapa nacional, ganharão o direito de serem apresentadas ao júri estrangeiro, em mesas de provas que serão especialmente montadas durante duas tardes, de maneira que os lotes que agradaram aos compradores, mas que ficaram abaixo da nota de corte (85 pontos), possam ter uma melhor comercialização.


REALIZAÇÃO E APOIO

A edição 2013 do Cup of Excellence – Early Harvest é patrocinada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e conta com o apoio institucional da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), da Associação dos Produtores de Café da Mantiqueira (Aprocam), da CarmoCoffees, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé) e do Conselho Nacional do Café (CNC).

 

Mais informações para a imprensa

BSCA – Assessoria de comunicação

Paulo A. C. Kawasaki

(61) 8114-6632 / ascom@bsca.com.br